ENCONTRE-NOS

Rua das Cerejeiras, 411

Carvoeira - Florianópolis, SC
info@fitzz.com.br

Telefone:    (48) 3233-5692

Whatsapp: (48) 991108989  

33447.png

ACOMPANHE

  • Preto Ícone Facebook
  • Instagram
  • YouTube

© by FITZZ. Todos direitos reservados.

Algumas especificações do Kit:
- Painel digital com:
  *seleção de 4 níveis de apoio:
    Eco / Tour / Speed / Turbo
  *indicador de velocidade
  *indicador energia
  *odômetro viagem
  *odômetro acumulado
  *duração viagem
  *iluminação da tela
  *saída USB para carregar celular
- Motor:
 *Potência: 350W
 *Peso: 3,4 kg

  (Consulte disponibilidade e valores conosco).

KIT MOTOR CENTRAL COM SENSOR TORQUE

Display VLCD5

Manetes de Freio

Sensor de Velocidade

Acelerador

Kit conversão com motor central e sensor torque

O motor alto torque com a tecnologia tração central proporciona uma capacidade inigualada de subir aclives, desde que instalado em bicicleta com marchas. Muita naturalidade de pedalar graças ao sensor torque, que hoje ainda é exclusividade de bicicletas de padrão mais alto. Esse sistema permite que a bicicleta ande como se você fosse bem mais forte, incrementando e diminuindo a força junto com o seu esforço orgânico. Então ele acata com o que sua inteligência quer fazer, recebendo os comandos automaticamente pelo sensor torque. Multiplica sua força várias vezes, dependente do nível de apoio escolhido.

PARÂMETROS TÉCNICOS:

O que é motor central, suas vantagens e desvantagens: 

 

Esse motor é instalado no movimento central, junto com os pedivela e a coroa frontal da corrente.

 

Vantagens:

 

  • Uma grande vantagem é que o motor central (mid motor) aproveita as marchas da bicicleta e desse modo, com marcha pequena pode subir aclives fortes e com marcha grande pode andar rápido. Motores no cubo (frente ou trás) precisam ser muitas vezes mais fortes para proporcionar o mesmo apoio na subida. Sendo assim um motor de 350W pode ser o suficiente.

  • Um motor de 350W fica dentro da legislação brasileira para bicicleta elétrica equiparada à bicicleta convencional (anda na ciclovia, não precisa de habilitação, nem de seguro, nem de licenciamento do veículo).

  • Nas subidas, a rotação do motor pode ser mais alta, usando marcha pequena, e isso faz que na subida ele esteja numa faixa de rotação com eficiência maior do motor e sem perigo de aquecimento excessivo.

  • Distribuição de peso: baixo e entre as duas rodas: é ideal.

  • Facilidade de converter a bicicleta: menos elementos a serem instalados, não precisa trocar nenhuma roda. Menos fios a vista. O módulo já é interno ao motor. O display de entrada já é de LCD

  • Tração traseira: bom para trilhas. Na logística e no transporte é bem mais compacto, porque não tem aro acoplado a ele.

  • É uma tecnologia mais evoluída, e já pensada para um conforto maior.


Comparado com vantagens do motor de cubo:

 

-É mais simples e mais barato.

-Se for colocado na frente tem uma tração duas rodas com desgaste dos pneus mais distribuído entre frente e trás.

-menos desgaste da corrente

-pode ter marchas frontais, multiplicando as possíveis combinações (Por exemplo 6 tras x 3 frente =18 marchas)

-em velocidades altas ele é levemente mais eficiente energeticamente

O que é sensor torque?

O sensor torque aciona o motor com uma força proporcional a sua força de pedalar. Isso proporciona um jeito natural de pedalar, você tem um controle maior sobre seu veículo, que te escuta mais de perto. Se você pedala mais forte, o motor vai apoiar com mais força, igual a uma bicicleta convencional, só que parece que sua perna ficou bem mais forte. Isso é diferente da maioria dos sistemas que tem um sensor de velocidade, que mantém a força do motor, independente da força exercida pelo ciclista, então o sensor, nesse caso, tem a função mais simplificada de ligar/desligar o motor. O sensor torque é considerado superior, e a experiência de pedalar fica mais natural. Conforme a opção do nível de apoio, escolhido no painel, ele aumenta a força da sua pedalada com 30% ou até quadruplica (+300%) a sua força, claro que não ultrapassando a potência máxima do motor. Atenção de não confundir com o nível de apoio escolhido no painel, que oferece 4 estágios: Eco +30% / Tour +80% / Speed +200% / Turbo +300%.

 

Exemplos, valores calculados aproximados
 

Esse conjunto permite, muitas combinações ciclista+motor.

 

Exemplos:

-subir aclives fortes

-pedalar com vários níveis de apoio motor, e com incentivo de pedalar também

-pedalar leve e ir rápido (muito apoio pelo motor)

-pedalar pesado com um pouco de apoio

-usar o acelerador, pedalando ou não

Alguns modelos de bicicletas com Kit MOTOR CENTRAL

Orçamento,  preços?  
Vamos ver juntos o que precisa!  Fale conosco para elaborar um orçamento personalizado.
Garantia 1 ano, a maior do mercado, 4 vezes mais do que os outros kits conversão.